5 de jun de 2010

e tudo voltou a ser como era.

eu não sinto mais vontade de sair de casa, não sinto vontade de ir à escola, de vir pra internet-msn-orkut-escrever no blog ou qualquer coisa que o valha, não quero mais ver ninguem, não quero escrever em papel, ver amigos nem tomar chá. não quero que a Athena pule em mim, não quero que as pessoas me vejam assim. nãi sinto mais vontade de fazer nada, qualquer coisa.

minto.
sinto vontade sim. se eu pudesse, eu veria o Ricardo todos os dias; porque ele me faz sorrir verdadeiramente, seja engolindo meu cabelo, seja sorrindo pra mim, seja me dizendo tudo aquilo que ele sempre me diz.

mas, na grande maioria das vezes, eu não sinto vontade de fazer mais nada. talvez sumir seria uma boa ideia; deixar as máscaras caírem, ir embora daqui e nunca mais voltar, ou bater com muita vontade, com um tac de baseball em alguém. talvez alguem especifico, talvez em mais de um alguém.

mas meus momentos tristes não convém a ninguém, além de mim mesma [e acho que essa frase tá errada, mas não quero que me corrigam. se estiver errada apenas pensem].

adiós, muchachos. pelo menos, até a próxima postagem.

Um comentário:

Ronan disse...

Farewell =)