17 de out de 2011

só sei que eu, sempre tão boa com as palavras, não sei mais o que dizer.


toda vez que penso em ti (no teu sorriso sincero, nos teus abraços, na maneira como mexes no meu cabelo, nos teus pequenos - porém lindos - olhos, nos teus resmungos antes de dormir e em como ficas lindo enquanto dormes...), mesmo que eu tenha te visto no dia anterior, eu choro.
choro porque eu te amo e ainda não sei lidar com isso. choro de não suportar a saudade e a vontade de estar do teu lado. choro por querer saber me expressar mas não conseguir. choro ao imaginar uma vida ao teu lado, e não saber o que mais de perfeito pode existir. choro por ser a unica maneira de extravasar minhas emoções, mesmo que não vejas, não saibas, não nada.

que baita babaca que eu sou.
ou, nesse caso, que me tornei.

Nenhum comentário: