4 de fev de 2010

nostalgia e saudades dóem.

nunca pensei que fosse me doer tanto olhar fotos. nunca pensei que quizesse tanto que o inverno chegasse, e com ele, seus casacos, mantas, cabelos mais compridos, fotos bonitas e saidas com amigos. nunca pensei que uma saída de escola fosse doer desse jeito. nunca pensei que a ausência de amigos fosse algo tão ruim.
eu sinto saudades, caros leitores. saudades dos tempos em que as coisas davam certo. saudades de estudar com os meus amigos. saudades de fazer o que eu mais gostava. saudades de ter pessoas queridas do meu lado.
agora? só me resta o medo. estou indo para uma escola nova, onde eu não conheço absolutamente ninguém. estou indo para uma cidade nova, onde eu me criei, mas as pessoas com as quais eu convivia naquele tempo eu perdi contato há muito, já. medo de não conseguir esquecer das coisas que passaram, e conviver com o meu hábito da comparação.
.
Em especial, eu gostaria de agradecer à Bruna, minha companheira de Analfabetismo Funcional e viagens, por ser tão significativa na minha vida. foram três anos LOUCOS, minha ploa, mas bem vividos. Eu te AMO, Bruna.

Um comentário:

Ronan disse...

Tá, até parece que estamos presos fora daquela escola... as pessoas estão por aí, inclusive aquelas que parecem estar te perseguindo via blog/msn/etc =). E como sempre, qualquer coisa, dá um grito(não literalmente... estou com fones de ouvido =P)

=*